Conselho Deliberativo: Genial Investimentos apresenta diagnóstico do clube

Postado por: avai.abstrato.ventures

Foto: Rafael Xavier / Avaí F.C.

Nesta quarta-feira (15) o Conselho Deliberativo do Avaí esteve no refeitório da Ressacada em reunião extraordinária. Em pauta: Leitura e aprovação da ata da reunião anterior; Apresentação de levantamento da situação econômico-financeira do clube elaborado pela Genial Investimentos; Apresentação de relatório anual de atividades do Conselho Deliberativo; Deliberação de novas indicações ao Conselho Deliberativo; e Assuntos gerais.

A ata da reunião anterior foi aprovada após pequenos ajustes dos conselheiros. Antes do segundo ponto de pauta, o vice-presidente do Avaí, Bruno Comicholi, esclareceu aos conselheiros sobre o termo não vinculante assinado pelo clube com relação à Liga Forte Futebol. O assunto será apreciado no Conselho Deliberativo em momento oportuno, apresentando o conteúdo e levando sua apreciação ao Colegiado.

Na pauta apresentação de levantamento da situação econômico-financeira do clube, o vice-presidente esclareceu qual foi o serviço prestado pela Genial Investimentos no que tange às questões financeiras e acordado no memorando de entendimentos. Bruno esclareceu que o serviço atende aos princípios da transparência e dos demais atos adotados pela gestão para o máximo saneamento das finanças do clube. Desde o início do mandato, segundo Comicholi, a diretoria executiva sempre teve o compromisso de deixar o torcedor e o Conselho Deliberativo o mais ciente possível da situação financeira do Avaí. Além da situação, a ideia é que o documento traga possíveis caminhos e soluções.

O CEO da empresa Genial Investimentos, Rodolfo Riechert, trouxe um pouco do trabalho da empresa e dos desafios do mundo do esporte, bem como suas potencialidades e oportunidades. Sobre a situação do Avaí, destacou o endividamento do clube, que embora não sendo alto em relação aos times do Brasil, é impedimento de investimentos em função de ser muito maior que as receitas. Nas dívidas, o principal problema está no campo fiscal. Foi analisado também o volume de receitas nos últimos anos e suas variações conforme o ano e o campeonato disputado.

O relatório mostrou que o Avaí tem um custo administrativo regular em relação aos clubes do mesmo porte (Ceará, Coritiba, Goiás e América-MG). O problema, segundo a Genial, está no endividamento com questões fiscais e cíveis, que extrapola o potencial de alavancar os investimentos. Entre as principais alavancas de crescimento apontadas pela consultoria estão as novas fontes de receita. Em especial no match day e receitas com bilheteria, plano de sócios e venda de atletas das categorias de base. No entanto, como esclarece a consultoria, são receitas que são alavancadas por meio de incremento em investimentos. Por isso, há a necessidade de um investimento/receita que seja superior aos custos de sua obtenção e que possam fazer o clube desafogar no médio prazo, pois a dívida é alta e com dificuldade de pagamento. Dívida total estimada na casa dos R$ 107 milhões de reais.

A vinda da Genial e da análise das contas faz parte do trabalho da Comissão para estudos sobre alternativas econômico-financeiras para o Avaí Futebol Clube, criada em 10 de novembro de 2022.

Ainda na pauta da reunião, foi apresentado o relatório de atividades do Conselho Deliberativo no ano de 2022. Depois, foram aprovadas as deliberações de novos membros do conselho. São eles: Sergio Luiz Faria; Manoel Nilson Abelardo Rodrigues; Antonio Schmitz Neto; Marcos Edward Carvalho; Odemir Prazeres e Mark Andrade.

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Avaí treina no gramado do CFA e Love fala da vontade de marcar na Ressacada

Nesta tarde de quarta-feira (17), o elenco avaiano realizou um treinamento no gramado do CFA. A equipe se prepara para

Avaí premia destaques acadêmicos e desportivos das categorias Sub-14 e Sub-15

Em um compromisso contínuo com a formação integral de seus atletas das categorias de base, o Avaí Futebol Clube realizou

17/07/2024