Dicionário traz curiosidades e revela personagens da história centenária do Avaí

Postado por: Alceu Atherino Neves

Lançamento será no domingo (28), antes do confronto com a Chapecoense

Quem for à Ressacada no próximo domingo terá a oportunidade de acompanhar o lançamento de mais uma obra que celebra a história do Avaí Futebol Clube. O “Dicionário do Avaí F.C. (1923-2023)” será lançado no auditório do estádio, a partir das 16h, antes da partida Avaí e Chapecoense, válida pela segunda rodada do Catarinense.

Resultado de décadas de pesquisas realizadas pelos autores – Adalberto Jorge Klüser, Felipe Matos e Spyros Apóstolo Diamantaras – a obra contribui para a organização e a divulgação do conhecimento em torno de personagens que fizeram parte da trajetória centenária do Avaí Futebol Clube. Mais de cinco mil verbetes trazem dados biográficos, fotografias e estatísticas que abordam trajetórias individuais e coletivas diversas e encurtam a distância entre tantas gerações de torcedores e profissionais. Em grande parte, são dados inéditos, ainda não disponíveis na internet, com verbetes biográficos de personagens – atletas, treinadores, dirigentes, trabalhadores, torcedores… – que nunca constaram em alguma publicação e estão registrados pela primeira vez em livro.

Quantos jogos disputou Marquinhos Santos? Quantos gols fez Saulzinho? Quantas partidas foram comandadas por Silas? Essas e outras informações sobre grandes ídolos da história do clube poderão ser encontradas nas páginas do Dicionário. Mas o livros vai além do registro dos nomes consagrados do clube.

Quem foi o reserva do grande ídolo? Quem vestiu a camisa do Avaí no 2º quadro? Quem consertava os chuveiros dos vestiários ou massageava as pernas dos ídolos da torcida? A arquibancada lotada recebeu um público inesquecível. Quem cuidava das catracas? Como diz o hino escrito por Fernando Bastos, o Avaí é povo, é gente. E o nosso Avaí é plural, tem muitas faces e origens. Em cada página do livro encontra-se uma multiplicidade de histórias de que celebram a diversidade avaiana.

Sobre os autores:
Adalberto Jorge Klüser, microempresário, pesquisador esportivo. Atua no setor de comunicação (rádio, TV, internet e jornal) desde 1982. Trabalhou nas rádios Guarujá, Antena 1, Guarare¬ma, Atlântida FM, Diário da Manhã/CBN e no jornal A Notícia. Colaborador dos jor¬nais O Estado, A Notícia, Diário Catarinense e dos blogs História do Futebol e RSSSF. É ex-pro¬prietário do jornal O Esportista e autor dos blogs Arquivo Azul, Arquivos do Futebol Brasileiro, Memorial do BEC e Verde Vale. Também atua como prestador de serviços para a Federação Catarinense de Futebol (FCF), ligas esportivas e clubes de futebol.

Felipe Matos, doutor em História pela UFSC e criador do coletivo Memória Avaiana. É autor do livro “Uma ilha de leitura: notas para uma história de Florianópolis através de suas livrarias, livreiros e livros”, coautor de “O Time da Raça – Almanaque de 90 anos do Avaí F.C. (1923-2013)”, “1973 – Encontro marcado com seus dias de glória”, “Avaí F.C. – 100 anos de História”, entre outros livros, artigos e capítulos de livros.

Spyros Apóstolo Diamantaras, formado em Engenharia Civil (1988) e pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho (1989) e Gestão de Serviços Bancários (2001). Bancário aposentado, foi Vice-Presidente (2013-2017) e Presidente do Conselho Deliberativo do Avaí Futebol Clube (2017-2021) e realiza pesquisas sobre o futebol catarinense desde 2000. Tem colaborado com inúmeros blogs e demais veículos de comunicação, dedicando-se principalmente à história avaiana, tendo recebido a Medalha Saul Oliveira em 2023.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Raça da Base enfrenta o Atlético-MG nas oitavas da Copa Voltaço Sub-14

O confronto único das oitavas de final da Copa Voltaço ocorre hoje (30), às 14h, diante do Atlético-MG. A partida

30/05/2024

Avaí se reapresenta e inicia preparação para enfrentar o Ituano

O Avaí se reapresentou nesta tarde de quarta-feira (29). O Leão iniciou a preparação para o confronto contra o Ituano