Homenagem a Rodeio

Postado por: André Palma Ribeiro

O município de Rodeio, localizado no Vale do Itajaí, será homenageado no jogo diante da Chapecoense no próximo sábado (12), pela última rodada do Hexagonal. A cidade, que fica a 195 km de Florianópolis, estará estampada na camisa dos goleiros.

 A história de Rodeio

A cidade de Rodeio recebeu esse nome após a guerra de seus desbravadores perceberem que só andavam em círculo. Esta derivação torna-se mais forte quando olha-se para as montanhas em volta do vale (rodeiam o vale). Rodeio tornou-se município em maio de 1937. Situada no Médio Vale do Itajaí (região habitada majoritariamente por descendentes de alemães), Rodeio tem cerca de 75% de seus habitantes de ascendência italiana, mais precisamente trentina (tiroleses de língua italiana). Os imigrantes tiroleses começaram a chegar no Vale do Itajaí em 1875, incentivados por Doutor Blumenau; oriundos da região de Trento (também chamado Welschtirol ou Tirolo Italiano), no antigo Império Austro-húngaro. Os imigrantes trentinos chegaram a Brasil com passaporte austríaco, mas eram falantes do idioma italiano (principalmente do dialeto trentino).

O Tirol é uma região alpina que se localiza atualmente entre a Áustria e a Itália. Até 1918, formava um estado único, ligado ao Império Austro-húngaro. Até 1810, era um condado (Condao Episcopal do Tirol), unido ao Sacro Império Romano-germânico chefiado pelo imperador austríaco. O imperador austríaco Maximiliano I de Habsburg foi coroado imperador do Sacro Império Romano-Germânico no século XVI na catedral de Trento. A região trentina sempre foi parte integrante do Condado do Tirol, sendo administrada pelo bispo de Trento e defendida pelo conde do Tirol, formando o Principado Episcopal de Trento. Enquanto na maior parte da região tirolesa o idioma principal é o alemão, na região meridional (Trentino), o idioma predominante é o italiano.

Durante a Primeira Guerra Mundial, os trentinos lutaram bravamente no exército austríaco e 11 mil caíram em batalha. Entretanto, a grande parte dos tiroleses que emigrou para o Brasil chegou antes da Primeira Guerra, durante o período de crise econômica que antecedeu o terrível conflito. A guerra deixou marcas profundas na região trentina e quando terminou, em 1918 (quando foi desfeito o Império Austro-húngaro), a porção sul do Tirol foi anexada à Itália e dividida em duas províncias: Alto Adige ou Südtirol, ao norte (onde predomina o idioma alemão), e Trentino, ao sul (onde predomina o idioma italiano). Atualmente, ambas as províncias gozam de um estatuto de autonomia que lhes garante preservar na Itália suas características políticas, culturais e sociais. Juntas, as províncias formam a Região Autônoma Trentino-Alto Adige/Südtirol. A Região Autônoma Trentino-Südtirol está atualmente unida ao Tirol austríaco na Euregio Tirolo, uma representação regional da União Europeia.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Sócios têm descontos nos Postos Galo

Nesta quarta-feira (28/02), o Time da Raça tem um encontro marcado com a Nação Avaiana! A bola vai rolar às

26/02/2024

Serviço de jogo para Avaí x Barra-SC

Nesta quarta-feira (28/02), o Time da Raça tem um encontro marcado com a Nação Avaiana! A bola vai rolar às

26/02/2024