Marquinhos convoca o torcedor para apoiar o Avaí contra o Boa Esporte

Postado por: André Palma Ribeiro

Meia Marquinhos está a cinco jogos de completar 400 com a camisa do Leão da Ilha  Foto: Divulgação / Avaí FC

 

A cinco partidas de completar 400 com a camisa do Leão, o meia e capitão Marquinhos é um dos maiores ídolos da torcida do Avaí. Mesmo enfrentando dificuldades físicas para desenvolver o futebol qualificado que tem, Marquinhos simboliza a esperança de um novo acesso à Série A para toda a Nação Azurra. E não foi para menos, que na entrevista coletiva da tarde desta terça-feira, o ídolo fez a convocação: quer a galera azurra vestindo a camisa 12 para apoiar o Avaí do início ao fim no confronto de sexta-feira (5), diante do Boa Esporte, às 20h30min, na Ressacada.

Marquinhos disse que este jogo será muito complicado, pois atuar diante de uma equipe que está lá embaixo na tabela é perigoso. Foi assim diante do Sampaio Corrêa, com as dificuldades que o jogo apresentou e será também neste confronto. “Temos que ter tranquilidade para converter as oportunidades que surgirem na partida. Estamos treinando forte a semana toda, com muito foco nesta vitória. Será fundamental na nossa caminhada em busca do acesso. O Avaí tem mostrado a sua força, é respeitado e tem qualidade para ganhar”, disse.

Sobre o jogo diante do Coritiba, quando a equipe não aproveitou as chances criadas, Marquinhos disse que é normal e natural que os atletas sintam nervosismo na hora de concluir a gol. “Isso acontece. A ansiedade, a vontade de fazer, de acertar, acaba determinando o erro em jogadas que até parecem tranquilas”, disse. O craque avaiano destacou que às vezes no treino a jogada é bem executada, mas treino é treino e jogo é jogo. “A parte psicológica às vezes interfere e isso nós temos que superar entre nós”, acrescentou.

O meia azurra destacou ainda a volta de Rodrigão, afastado mais de 30 dias por conta de lesão e também de Guga e Judson, que cumpriram suspensão automática. São opções a mais neste tabuleiro do técnico Geninho. “Nós precisamos resolver a nossa vida nos próximos seis jogos. Mas quando mais gente colocar-mos aqui na Ressacada, mais força teremos. Vamos fora e recebemos pressão de todos os lados. Aqui o nosso adversário tem que sentir o calor da nossa torcida, que é forte e vibrante. Já ganhamos muitos jogos aqui com a força da nossa torcida. Aqui a obrigação do Avaí é vencer”, ressaltou.

Outro destaque importante feito pelo craque azurra, foi a necessidade de a equipe ter tranquilidade. Não querer resolver a partida a qualquer custo. Precisa ter tranquilidade para pressionar o adversário e fazer os gols de que precisa, acrescentou Marquinhos. “O torcedor vem para cá com o intuito de apoiar, ser importante também fora de campo. O Boa será uma equipe difícil, vem jogar por uma bola. Nosso pensamento é jogo a jogo e temos que buscar os três pontos incondicionalmente. Aqui a gente não pode negociar”, completou.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Avaí treina no gramado do CFA e Love fala da vontade de marcar na Ressacada

Nesta tarde de quarta-feira (17), o elenco avaiano realizou um treinamento no gramado do CFA. A equipe se prepara para

Avaí premia destaques acadêmicos e desportivos das categorias Sub-14 e Sub-15

Em um compromisso contínuo com a formação integral de seus atletas das categorias de base, o Avaí Futebol Clube realizou

17/07/2024