Avaí lamenta morte de Maria Avaiana

Postado por: André Palma Ribeiro

Maria Avaiana realizou este ano o sonho de conhecer pessoalmente o craque e ídolo Marquinhos   Foto: Divulgação / Avaí FC

O Avaí Futebol Clube, através de seus poderes constituídos, lamenta com pesar a morte da torcedora símbolo do clube, Maria Avaiana, que ocorreu na véspera de Natal. Arlinda Cordeiro Martins estava internada há 15 dias no Hospital Universitário e morreu aos 84 anos depois de complicações no rim e coração, em decorrência da diabetes. Tinha um amor incondicional ao Avaí e tornou-se uma das maiores fãs do craque Marquinhos, com quem se encontrou em 17 de fevereiro deste ano, oportunidade em que recebeu uma camisa do clube autografada pelo ídolo.

A pergunta que mais escutava ao circular pela cidade era sobre o que representava para ela o Avaí. A resposta, invariavelmente, era a mesma sempre: “O Avaí é a minha vida, fale mal de mim, mas não fale do Avaí”. Neste mesmo dia, em fevereiro, quando recebeu em sua casa o craque Marquinhos, ela disse a todos que lá estavam, que duas coisas jamais mudaria na vida. “A minha religião católica e a minha paixão pelo Avaí”. Nos últimos anos vivia com dificuldades pela saúde frágil em sua casa no bairro Tapera, aos cuidados de filhos e amigos.

Considerada uma guerreira pela história de vida. Casou aos 14 anos e criou sete filhos praticamente sozinha. Arlinda Cordeiro Martins, ou simplesmente Maria Avaiana, era um símbolo. Construiu sua trajetória de amor ao clube desde a época do Estádio Adolfo Konder e acompanhava o Avaí em seus jogos. Seguiu com esta paixão na era da Ressacada. Marquinhos sempre lembrava dela e não escondia a emoção. No encontro com Maria Avaiana, um gesto de carinho e alegria. Era a primeira vez que Maria Avaíana estava perto do ídolo, quando pode sentir sua presença e também abraçá-lo.

Maria Avaiana foi enterrada na tarde deste dia de Natal, em Biguaçu, na presença de amigos e familiares. Um 25 de dezembro cinzento e triste para a as cores azul e branco. Uma ausência a ser lamentada por todos os avainos, que na última quinta-feira já tinham perdido do o jovem Renanzinho.

O presidente Francisco José Battistotti, em nome da Nação Azurra, lamentou o falecimento de Maria Avaina. “A morte desta torcedora é uma perda muito grande para todos nós da Nação Azurra, pelo que ela representava como símbolo  da paixão e do amor incondicional ao clube. Pela sua dedicação ao longo da vida e nos momentos em que ajudou nas muitas conquistas, sempre com seu incentivo, garra e poder de mobilização dos torcedores avaianos”, concluiu o presidente.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Relação de mascotes mirins sorteados para Avaí x Brusque-SC

O Avaí Futebol Clube informa a relação de inscritos sorteados e as orientações para o cerimonial de entrada dos Mascotes

23/02/2024

Comunicado: Procuração de autorização para retirada da Camisa do Centenário

O Avaí Futebol Clube disponibiliza, – para seus associados que foram contemplados com a Camisa do Centenário -, PROCURAÇÃO DE

23/02/2024