Avaí recebe visita do cientista Reitz

Postado por: André Palma Ribeiro

Felipe Reitz entre o presidente Battistotti e o médico Funchal, ao lado de  Adonai Zanoni e Carlos Stegemann  Foto: Divulgação / Avaí FC

O presidente Francisco José Battistotti e o chefe do departamento médico do Avaí, Luis Fernando Funchal, receberam na tarde desta quinta-feira (25), a visita do cientista Felipe Reitz, inventor da máquina capaz de localizar pontos de dor no corpo humano e medir o grau desta dor numa escala específica denominada Escala Reitz, uma homenagem ao próprio criador. O equipamento da empresa Reitz Innovation, localizada no Sapiens Park, no Norte da Ilha, já foi apresentado ao Inmetro para certificação. O objetivo da visita foi mostrar o equipamento ao clube, o primeiro a receber esta apresentação, e buscar parcerias futuras para uso desta ferramenta em avaliação de atletas.

Durante a apresentação, o cientista Felipe Reitz estava acompanhado do especialista em gestão Adonai Zanoni, que atua no gerenciamento do projeto e sua colocação no mercado. Reitz apresentou os passos do equipamento e de que forma ele pode ser utilizado pelas empresas para identificar quadros de dores registrados pelos pacientes. O médico Luis Fernando Funchal fez vários questionamentos, principalmente em relação às características do trabalho da área médica hoje executadas no clube, com avaliações diárias e a necessidade de decisões rápidas.

“Estamos diante de uma novidade interessante e que poderá ser uma grande alternativa futura para identificação de pontos da dor”, disse Funchal. Já o presidente Battistotti, que fez o primeiro contato com o grupo em uma visita em dezembro ao Sapiens Park, disse que o Avaí Futebol Clube está atento às novidades do mercado e esta degustação é interessante para os processos de modernização do clube.

Do encontro na Ressacada, surgiu a ideia de realização em um futuro próximo, de exames pontuais em atletas, lá mesmo no Sapiens Park, sede da empresa, para verificar o resultado da análise e chegar a esta necessidade de forma real. O Avaí vê com bons olhos a nova tecnologia, que vai ajudar num futuro próximo os diagnósticos médicos. O equipamento está patenteado e depende de avaliação final do Inmetro para poder entrar em comercialização a clínicas médicas.

Apresentação da nova tecnologia foi à tarde na sala do presidente                  Foto: Divulgação / Avaí FC
Cientista Reitz fez a apresentação do equipamento criado por ele para identificar a dor  Foto: Divulgação / Avaí FC

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Ressacada passa a utilizar biometria facial em todos os portões de acesso

Como parte do processo de modernização e digitalização do Avaí Futebol Clube, a partir desta sexta-feira (19), quando o Avaí

Sub-20 pronto para a última rodada do Campeonato Catarinense 

Pela manhã de hoje (18), a Raça da Base treinou no gramado sintético do CFA, em preparação para o confronto

18/07/2024