Captação de atletas do Avaí passa pela comunidade Frei Damião

Postado por: André Palma Ribeiro

Garotos foram avaliados pelo Projeto Avaí Mirins – Foto: Divulgação / Avaí Mirins

Na tarde deste domingo (6), a equipe de observação técnica do Leão visitou a comunidade do Brejarú, também conhecida como Frei Damião e localizada no município de Palhoça-SC. A ideia é dar oportunidade de avaliação para meninos da localidade, beneficiando os jovens e também o clube. A ação aconteceu a pedido do professor Paulo César Ribeiro, treinador da Escolinha Avengers e do líder comunitário Vladimir Ribeiro. Ambos fazem parte da Associação de Moradores Frei Damião (AMFD).

A iniciativa contou com a presença do coordenador de bases do Avaí Mirins, Marcelo Pereira e do observador técnico, Gilberto Júnior. O treinador do Avengers, citou a importância do comparecimento de profissionais do Leão. “Acredito que os sonhos e a esperança são os criadores da força que estas crianças têm. Quando uma equipe tão grande e vencedora como o Avaí vem até estas crianças, os sonhos se renovam e a esperança é o alimento da alma delas”, relata o instrutor.

Para o coordenador das categorias mirins, o principal objetivo é dar oportunidades para que esses meninos da comunidade tenham a chance de participar de um clube profissional. “Fazer essa ação em uma comunidade é importante porque geralmente esses projetos sociais não têm a oportunidade de conseguir trazer atletas para serem avaliados. Às vezes esses meninos não possuem condições financeiras de vir até o clube, então a gente indo até lá, cria a chance deles serem vistos”, conta Marcelo Pereira.

O Festival da Amizade, idealizado por Paulo, ocorreu como forma de celebrar a abertura de uma nova quadra na comunidade. “O nome já diz festa. Na história, as festas são para celebrar algo especial, no nosso caso, a amizade e o esporte. O futebol une, celebra e cria a esperança de que juntos podemos ser mais do que imaginamos”. Para o observador de talentos do Leão, é importante para o Avaí se mostrar presente e próximo da sociedade. “Além de estar atendendo de forma social, é muito importante para o Avaí se fazer presente. Da mesma forma que vamos como cunho social, nós aproveitamos para caso encontrar algum talento, que possamos inserir nosso contexto”, conclui Gilberto Junior.

O esporte é uma alternativa para jovens que buscam uma oportunidade de vida longe do crime. A comunidade Frei Damião é associada ao alto índice de pessoas vivendo com uma renda mensal inferior a um salário mínimo. Além da criminalidade, o local é o maior complexo social de Santa Catarina. “O nome da escolinha (Avengers), é derivado da ideia de que cada um dentro de si é um herói e quando eles se unem em equipe, eles podem fazer algo maior. A minha ideologia em relação ao nome é juntar as crianças que tem um bem dentro delas, que tem a força de crescer em um local assim e juntas sonharem por uma comunidade melhor e salvar o bairro das drogas e do crime”, conta o instrutor.

Caso outros projetos sociais tenham interesse em receber observadores técnicos do Leão, basta entrar em contato com o Avaí Mirins. Interessados podem contatar o coordenador geral das categorias mirins, Marcelo Pereira, via WhatsApp: (48) 9688-3331.

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Avaí fecha parceria com Zé Delivery para benefícios ao sócio do Leão

O Avaí Futebol Clube fechou uma parceria com o maior aplicativo de entrega de bebidas do Brasil. Agora, os sócios

21/06/2024

Leão da Ilha reapresenta e se prepara para partida que vale a liderança da Série B

O Avaí se reapresentou nesta tarde de sexta-feira (21) e iniciou a preparação para o confronto contra o América Mineiro.