Claudinei e as dúvidas para domingo

Postado por: André Palma Ribeiro

Equipe treinou forte nesta sexta-feira e será definida na manhã de sábado                Foto: Jorge Daux / Avaí FC

O técnico Claudinei Oliveira vai definir a equipe do Avaí para enfrentar o Atlético-MG no domingo (17), às 11 horas, no Estádio da Ressacada, após o treinamento da manhã deste sábado. O objetivo é aguardar a avaliação do departamento médico e físico sobre a situação de alguns atletas que deixaram o gramado no treino desta sexta-feira com desconforto muscular. A situação que mais preocupa é o meia Juan, com dores na parte posterior da coxa direita, e Betão, com uma pequena dor na região do quadril direito. A palavra final será após o treinamento, quando os jogadores convocados para a partida iniciarão a concentração.

Claudinei Oliveira está bastante confiante no rendimento da equipe após duas vitórias seguidas, que levou o Avaí para fora do Z-4.  Em sua avaliação, a equipe está sólida, com seu esquema bem definido e com aplicação tática perfeita de todos os jogadores. O técnico sabe que se não puder contar com os titulares, tem substitutos prontos e a altura para manter o mesmo padrão da equipe. “É preciso respeitar os limites de cada um. Não adiantar forçar agora e perder um atleta para o restante da competição. Vamos aguardar e procurar não fazer nada diferente do que temos feito. Manter o mesmo padrão e em casa adiantar um pouco mais a marcação, sem sair da nossa consistência defensiva”.

O técnico Avaiano destacou que ninguém pode esquecer que há 96 dias a equipe estava frequentando a parte da baixo da tabela. “Temos que valorizar o que a gente fez, sem esquecer o que passamos. A cada quatro rodada fazer os sete pontos do nosso planejamento. Se fizer mais do que isso, ótimo. Assim chegaremos aos 45 pontos e aí poderemos olhar mais para cima, pensar em algo além. Mas repito, temos que jogar o nosso campeonato”, destacou.

A movimentação dos jogadores de meio e frente é importante, na opinião do treinador Claudinei, para confundir a marcação adversária. Gerar dúvida na marcação. Facilitar para quem tem a posse de bola, melhorar o passe. “A gente tem que brigar pelo segundo turno sim, apesar de ser título simbólico. Conseguir algo mais, pois isso vai valorizar os atletas. Se a gente tiver de quatro a cinco atletas com ótimo valor de mercado ao final da temporada, o clube ganha em boas negociações e pode investir para a próxima temporada, colocar as contas em dia. Não é loucura, uma coisa é o que a gente pode fazer. Vamos brigar por isso aí”.

Outro destaque do treinador é a questão do esquema tático do Avaí. “Não me preocupo em mostrar que eu tenho ou não razão. Imaginar como vamos ganhar um jogo é fácil. Mas os jogadores é que estão fazendo acontecer. Eu sei da minha importância como técnico, mas eles estão fazendo acontecer. O esquema é sacrificante, mas todos estão se doando ao máximo. Não tem como fugir disso. Acreditamos que é o melhor para o Avaí. Se tiver que mudar, vamos mudar. Eu me preocupo em entregar o resultado, quero ficar na Série A. Isso é o que o torcedor quer ver”, finalizou.

Confira a coletiva do técnico: 

 

Betão será reavaliado na manhã deste sábado e Willians (E) é opção para Juan        Foto: Jorge Daux / Avaí FC
No treinamento desta sexta-feira, cobrança de faltas                                                   Foto: Jorge Daux / Avaí FC
Atacante Joel treinou forte e está animado para enfrentar o Atlético-MG Foto: Jorge Daux / Avaí FC
Zagueiro Alemão volta de suspensão e está recuperação de cirurgia no dedo do pé  Foto: Jorge Daux / Avaí FC

 

 

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Orientações aos sócios participantes da Caravana Com a Raça Toda

Neste sábado (24/02), a Raça Toda vai ao estádio Heriberto Hülse, em Criciúma-SC, para acompanhar a partida Avaí x Brusque,

23/02/2024

Relação de mascotes mirins sorteados para Avaí x Brusque-SC

O Avaí Futebol Clube informa a relação de inscritos sorteados e as orientações para o cerimonial de entrada dos Mascotes

23/02/2024