Começa na Ressacada o CBF Social

Postado por: André Palma Ribeiro

Presidente Battistotti deu as boas vindas aos participantes do CBF Social Foto: Divulgação / Avaí FC

O CBF Social foi aberto na manhã desta quarta-feira (23), no Estádio da Ressacada, com a palestra do médico Marco Aurélio Cunha, coordenador de seleções do futebol feminino da CBF e a presença de um bom público. O workshop tem tem ao longo de sua programação palestras e mesas-redondas sobre o trabalho com jovens adolescentes, o futebol na infância e na adolescência e discussões específicas sobre a formação humana por meio da prática de futebol. Prossegue até sábado, com o encerramento da 9ª Jornada Científica do Departamento Médico do Avaí.

O presidente do Avaí, primeiro clube a sediar o evento, Francisco José Battistotti, fez a saudação aos presentes e destacou o quanto é importante para o clube direcionar seu trabalho para as categorias de base, sustentando a renovação para um futuro qualificado na área de atendimento social e com resultados técnicos em campo. “Nossos esforços são direcionados para a base, buscando não só valores de qualidade, mas acima de tudo, como clube formador, estamos aqui formando homens para a vida”, destacou o presidente.

Marco Aurélio Cunha disse em sua apresentação que o futuro do futebol feminino no Brasil está numa mudança de mentalidade, onde os dirigentes precisam entender o futebol feminino como um estratégia de sinergia com outros segmentos da sociedade. “O Brasil hoje tem mais de 40 atletas jogando no exterior. O futebol feminino hoje participa de intercâmbios, as atletas ganham um bom salário lá fora. Mas aqui, agora estamos começando a estruturar competições e o surgimento de novas equipes, o que é muito bom”, destacou o dirigente, enfatizando os campeonatos já realizados nos dois últimos anos.

O coordenador geral do CBF Social, Diogo Netto, Gerente de Desenvolvimento Técnico, Responsabilidade Social e Sustentabilidade da CBF, frisou a importância do evento para levar aos participantes a mensagem de que é importante o trabalho com jovens e a forma de levar esta mensagem aos jovens atletas e seus familiares. “Eles representam o futuro do futebol no país. Com certeza, sairemos melhor daqui do que quando chegamos, com novos horizontes e entendimentos destas práticas”, destacou Diogo.

O CBF Social teve também a palestra do professor doutor Michel Milistedt, da Universidade Federal de Santa Catarina, que abordou o tema “A Formação Humana por meio da Prática de Futebol”. Segundo Michel, hoje é preciso diferenciar bem as diversas formas de ensino, evitando transmitir mensagem igual para diferentes fase da vida do jovem. A mesma mensagem não será captada por fases diferentes na formação deste atleta.

A programação do primeiro dia do CBF Social teve ainda a palestra do coordenador geral das categorias de base do Avaí, Diogo Fernandes, que transmitiu aos participantes um pouco do trabalho que hoje é realizado nas categorias de base do Avaí e a forma como é feita a gestão deste trabalho. Ainda a palestra da professora doutora da UDESC, Jimena Furlani, sobre “Futebol – Local de Respeito e Educação da Sexualidade de Crianças,Jovens e Adultos”, tema que chamou a atenção dos participantes.

O professor doutor Edison Roberto de Souza, secretário de esportes da UFSC, falou sobre “O Futebol e suas Possibilidades na Formação e Desenvolvimento Humano de Crianças e Jovens”. E a programação do dia foi encerrada com “Análise de Desempenho nas Categorias de Base”, com os professores Bruno Gonçalo e Anderson Moreira, auxiliar técnico e preparador de goleiros do Sub-20 do Avaí.

Nesta quinta-feira (24), a programação prevê palestras com foco na “Proteção Integral dos Direitos da Criança e Adolescência no Futebol”. A abertura será às 9h30min, com a palestra “O Adolescente Atleta”, com o promotor de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina, Mauro Canto da Silva. Em seguida, “Práticas Preventivas de Proteção aos Direitos das Crianças e Adolescentes no Futebol”, com o presidente da Comissão da Criança e do Adolescente da OAB-SC, Ênio Gentil Vieira Junior. Na sexta-feira pela manhã tem o CBF + Saúde e um Festival de Futebol, com a presença de aproximadamente 400 crianças no gramado principal do Estádio da Ressacada. À tarde começa a 9ª Jornada Científica do Departamento Médico do Avaí, coordenada pelo médico do clube, Luis Fernando Funchal.

Marco Aurélio Cunha recebeu uma camisa do Leão da Ilha, o primeiro palestrante      Foto: Divulgação / Avaí FC

Diogo Netto, coordenador geral do CBF Social e a importância do evento   Foto: Alceu Atherino Neves / Avaí FC 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Orientações aos sócios participantes da Caravana Com a Raça Toda

Neste sábado (24/02), a Raça Toda vai ao estádio Heriberto Hülse, em Criciúma-SC, para acompanhar a partida Avaí x Brusque,

23/02/2024

Relação de mascotes mirins sorteados para Avaí x Brusque-SC

O Avaí Futebol Clube informa a relação de inscritos sorteados e as orientações para o cerimonial de entrada dos Mascotes

23/02/2024