Comissão SAF apresenta relatório ao Conselho Deliberativo

Postado por: Rafael Xavier dos Passos

Nesta terça-feira (23) o Conselho Deliberativo do Avaí esteve em reunião extraordinária no refeitório da Ressacada. Em pauta, informativo aos conselheiros sobre a última reunião entre a Mesa Diretora e Diretoria Executiva; apresentação de relatório conclusivo da Comissão para estudos sobre SAF; Deliberação sobre indicação de novos membros ao Conselho Deliberativo; Assuntos gerais. 

A ata da reunião anterior foi aprovada sem ressalvas. O assunto principal da noite foi trazido pela Comissão Provisória de Estudos sobre a Lei da SAF, criada em 17 de janeiro deste ano e que contou com cinco conselheiros eleitos pelo pleno do Conselho Deliberativo: Rui Richard da Luz, Júlio César de Assis Feijó Junior, Fabiano Machado, Maico de Souza e Silva e Tullo Cavallazzi Filho. A comissão tinha o objetivo de “realizar estudos sobre todos os aspectos relacionados à Lei da SAF e outros modelos de investimento. Os estudos têm a finalidade de esclarecer, subsidiar e elucidar o Conselho Deliberativo e a torcida, identificando modelos, padrões e referências de SAF admissíveis pelo Avaí Futebol Clube para conversas ou recebimento de propostas”, como traz o relatório.

No documento, a comissão narra os trabalhos realizados desde sua criação, destacando o caráter democrático e participativo, com eventos abertos e palestras com os mais diversos especialistas para esgotar ao máximo o tema. Segundo o documento, a comissão se reuniu nove vezes (entre encontros internos e com a presença de convidados) e promoveu duas palestras abertas com transmissão da Avaí Play, canal oficial do Leão no youtube. Ao longo das 43 páginas do relatório, a comissão traçou paralelos, analisou dados e contou os detalhes dessas conversas e encontros com os especialistas.

Destaca-se do texto o seguinte trecho das conclusões: Primeiramente, a Comissão entende que não há uma solução única para o problema de geração de caixa e do necessário aumento de faturamento do Avaí Futebol Clube. Faz-se mister buscar alternativas urgentes para a estabilidade financeira. Não será a SAF uma única e exclusiva solução para todos os problemas enfrentados pelo Avaí F.C. e nem garantia de futuro. Da mesma forma, o modelo Associativo do Clube, decorridos mais de 100 anos desde sua fundação, já não atende, da mesma forma, a solução para todas as necessidades do clube, principalmente aquela que é a sua essência, a formação de um time forte e competitivo, capaz de colocá-lo dentro de seus objetivos. 

A conclusão do relatório, apontada pela comissão, é “sugerir que a Diretoria Executiva trabalhe na elaboração de um plano de condições mínimas e de exigências do Avaí Futebol Clube para a hipótese de recebimento de uma proposta de investimentos ou participações, de forma não vinculante, para uma futura apresentação ao Conselho Deliberativo do Avaí Futebol Clube”, diz o documento, que aponta em outros cinco desdobramentos dessas condições e exigências. A íntegra do relatório pode ser conferida aqui.

Após a apresentação do relatório, houve espaço para dúvidas e sugestões dos conselheiros. Na reunião também foram aprovados os seguintes membros ao Conselho Deliberativo: Lucas Fernandes de Souza, Nilto Osvaldo Rodrigues, Marcos Vinícius de Souza.

Regiestro da Reunião desta terça-feira (24)

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Avaí trabalha forte na preparação para o confronto contra o Goiás

O elenco avaiano trabalhou nesta tarde de quinta-feira (23). A atividade no gramado do CFA foi comandada por Gilmar Dal

Avaí treina na tarde desta quarta-feira e visa manter série invicta na Série B

O Avaí realizou na tarde desta quarta-feira (22), mais um treinamento que visa o confronto da próxima segunda-feira (27), contra