Eduardo Costa para sempre!

Postado por: André Palma Ribeiro

O volante Eduardo Costa, ídolo da Nação Avaiana, resolveu encerrar a carreira. Por motivo particular e em comum acordo com a diretoria executiva, o atleta de 32 anos, um dos grandes responsáveis pelo Acesso em 2014, termina um ciclo vitorioso no Avaí após dois anos e meio.

O jogador, em entrevista coletiva, se despediu e falou sobre a decisão. “Na minha cabeça era para encerrar em dezembro. Antecipei um processo para a metade do ano. A minha situação clínica está ótima, não me impede de fazer nada. Foi uma decisão minha. Foi tranquilo, pessoal. A decisão não foi da noite para o dia.”

O atleta avaliou o momento de vida e a carreira. “Estou aqui para brindar a carreira. Saí de casa cedo e venci. Por ser Avaiano, achei o momento de parar. Tenho outros negócios. Tenho outras coisas a fazer com a família. Nos próximos seis meses vou viajar, me desligar do futebol. Depois, vou analisar se vou atuar na gerência de futebol, seguir carreira como treinador ou não atuar no futebol”.

Eduardo destacou a maior alegria no clube e o que vai sentir falta. “O acesso foi a maior conquista. Passamos dificuldades mas superamos. 2013 serviu como exemplo e no ano de 2014 veio. Vou sentir falta de competir. Me dava prazer. Concentração não sentirei falta”.

 Por fim, o agora ex-atleta agradeceu o carinho da torcida. “Agradeço à torcida pelo apoio desde o início. Ela comparece e faz a diferença. A Nação precisa continuar acreditando e apoiando”.

Na coletiva, o presidente Nilton Macedo Machado anunciou que no final do ano será feito um jogo de despedida de Eduardo Costa na Ressacada. O presidente informou também que no sábado, na partida Avaí x Grêmio, haverá uma homenagem especial ao ídolo avaiano.

Eduardo Costa chegou ao Leão da Ilha para a disputa do Campeonato Estadual de 2013. A estréia foi em 6 de fevereiro daquele ano em um empate de 2 a 2 com a equipe do Joinville. O jogador vestiu a camisa Avaiana por 84 vezes, marcando 5 gols.

Eduardo finalizou a carreira, após 16 anos atuando como atleta profissional, no clássico do dia 14 de junho que terminou empatado em 1 a 1, na Ressacada. O jogador começou no Grêmio, passando ainda por Vasco e São Paulo. No exterior, vestiu a camisa de clubes importantes da França e da Espanha: Bordeaux, Mônaco, Olimpique de Marselha e Espanyol.

Eduardo Costa também brilhou na Seleção Brasileira de 2000 a 2003, atuando em sete jogos.

Títulos e conquistas

Campeão Sul-Americano Sub 17 – Seleção Brasileira (1999)
Campeão da Copa do Mundo Sub 17 – Seleção Brasileira (1999)
Campeão Gaúcho – Grêmio (2001)
Campeão da Copa do Brasil – Grêmio (2001)
Campeão da Copa da Liga Francesa – Bordeaux (2001/2002)
Campeão da Copa do Rei – Espanyol (2005/2006)
Campeão da Copa do Brasil – Vasco (2011)
Acesso à Série A – Avaí (2014)

20150624 Despedida Eduardo Costa FOTO Alceu Atherino (18)
Foto: Alceu Atherino/Avaí F.C.

 

 

20150624 Despedida Eduardo Costa FOTO Alceu Atherino (9)
Foto: Alceu Atherino/Avaí F.C.

 

20150624 Despedida Eduardo Costa FOTO Alceu Atherino (40)
Foto: Alceu Atherino/Avaí F.C.

 

20150624 Despedida Eduardo Costa FOTO Alceu Atherino (49)
Foto: Alceu Atherino/Avaí F.C.

 

 

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Avaí focado na estreia na Série B

Em fase final de preparação para a estreia na Série B, o Avaí realizou um intenso treino no gramado do

Raça da Base disputam a 4ª rodada do Catarinense

Neste último fim de semana, as categorias Sub-15, Sub-17 e Sub-20 entraram em campo para a 4ª rodada do estadual.

15/04/2024