Homenagem a Pomerode

Postado por: André Palma Ribeiro

No clássico de domingo (03), no Estádio da Ressacada, valendo pela 33ª rodada da Série B, o Leão da Ilha segue homenageando os municípios catarinenses nas camisas dos goleiros. A cidade felicitada na data será Pomerode.

Pomerode localiza-se na região do Vale do Itajaí e está a 162 km de distância da Capital. Conforme senso do IBGE de 2010, o município conta com aproximadamente 27.770 habitantes. A cidade completou neste ano seu 54º aniversário, no dia 21 de janeiro.

Histórico de Pomerode

Na história, há duas versões para o surgimento do nome Pomerode. Em alguns livros consta que deriva de Pommeroda, designação de um Ribeirão formado pelos Ribeirões Rauffmann e Ribeirão do Saco (Pomerode Fundos) afluente do Rio do Testo, próximo ao centro da cidade.

Em outras obras, se registra que o nome está relacionado à origem dos fundadores, imigrantes vindos da Pomerânia (Pommern), norte da Alemanha. Literalmente, é a junção do radical Pommern e do verbo rodern, verbo alemão que significa tirar os tocos, tornar a terra apta para o cultivo. De fato, os primeiros imigrantes que chegaram ao Brasil e ao Estado se dedicaram ao trabalho na terra e à agricultura familiar.

Os imigrantes que quisessem chegar até os seus lotes coloniais deveriam seguir a estrada de chão batido, partindo da sede da colônia Blumenau e alcançar a localidade de Salto Weissbach. Lá, atravessavam a balsa em direção ao Badenfurt e ao Rio do Testo. Em seguida rumavam a pé ou em carroças pela estrada de chão batido à margem esquerda do rio, denominada Rua dos Atiradores e conhecida como Kleineseite.

A partir de 1861, imigrantes da Pomerânia vieram em busca da terra própria e de liberdade para viver. No Vale do Itajaí, eles se estabeleceram na Itoupava Central (Blumenau), Warnow (Indaial), Estrada Pomeranos (Timbó) e no Vale do Rio do Testo (atual Pomerode).

O início da colonização remonta ao ano de 1863, quando os primeiros imigrantes, liderados pelo colonizador Ferdinand Hackradt, decidiram subir um afluente do Rio Itajaí-Açú desde o bairro Badenfurt, em Blumenau. Eram abertas picadas ao longo do curso do rio, que foi chamado Rio do Testo.

As primeiras edificações eram rústicas construções de pau a pique, cobertas com folhas de palmeiras. Em 1870, a primeira escola alemã foi instalada na localidade de Testo Central (atual Escola Básica Municipal Olavo Bilac).

Os primeiros imigrantes se estabeleceram ao longo do Rio do Testo pelo sistema de minifúndios (pequenas fazendas), onde eram cultivados arroz, fumo, batata, mandioca, cana de açúcar, milho e feijão. O colono também se dedicava à criação de gado leiteiro e suíno, cujas matrizes vieram da Europa.

Até a virada do século 20, Pomerode era uma colônia voltada apenas para a agricultura e pecuária de subsistência, com pequenos pontos comerciais nas áreas centrais da colônia. Pequenas empresas familiares de laticínios, frios, móveis e cerâmica deram início à industrialização do município. Anos mais tarde, a indústria da porcelana se tornou uma das mais importantes para a economia local. Hoje, a cidade é considerada um forte polo têxtil e metal-mecânico.

Compre a sua camisa de Pomerode no link: http://www.avaistore.net/linha-homenagens/camisa-goleiro-pomerode-.html

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Avaí é superado pelo Brusque em Criciúma

Em partida realizada na tarde deste sábado (24), o Avaí foi superado pelo Brusque, em Criciúma-SC, em disputa válida pela

24/02/2024

Blog da Gestão #12 – Grande Vitória

Olá, Nação Avaiana!  As camisas criadas para celebrar a grandeza da história do Avaí Futebol Clube chegaram! Dou essa notícia

24/02/2024