Homenagem aos campeões de 1975

Postado por: André Palma Ribeiro

O Avaí irá homenagear no jogo diante do Ceará, nesta sexta-feira, dia 16 de agosto, os atletas campeões estaduais em 1975. Os nomes dos heróis que conquistaram o título estarão estampados nas camisas dos jogadores que enfrentarão o time cearense pela Série B. O título completa 38 anos no próximo sábado, dia 17.

Esta é a sétima homenagem da série que retratará as conquistas históricas nos jogos em casa durante o Campeonato Brasileiro de 2013. A ação faz parte da programação oficial dos 90 anos do clube.

Vestiram a camisa do Leão no título de 1975: Danilo, Souza, Maneca, Veneza, Orivaldo, Lourival, Balduíno, Zenon, Carlos, Juti, João Carlos, Rubens, Ari Prudente, Ricardo, Rogério, Jaíco, Beto, Sabará, Ademir, Vado, Paulo Roberto e Emílson. O técnico era Áureo Malinverni, o supervisor Rômulo Coelho e o presidente do clube, João Salum. O preparador físico era o Dacica e o massagista Machado.

O Campeonato Catarinense de 1975

Em 1975, treze equipes participaram do Campeonato Catarinense, sendo que na 1ª fase os times foram divididos em dois grupos: América, Figueirense, Guarani de São Miguel do Oeste, Hercílio Luz, Juventus de Rio do Sul, Palmeiras e Próspera no grupo 1 e Avaí, Chapecoense, Carlos Renaux, Caxias, Internacional e Marcílio Dias no grupo 2. Os times jogaram entre si, em turno e returno, classificando os quatro melhores de cada grupo para a 2ª fase.

Na 2ª fase, os oito clubes classificados foram divididos em dois grupos, como na primeira fase: América, Figueirense, Juventus e Palmeiras formaram o grupo 3 e Avaí, Chapecoense, Internacional e Marcílio Dias o grupo 4. Novamente, todos jogaram entre si em turno e returno, classificando para a final o Figueirense, campeão do grupo 3 e o Avaí, campeão do grupo 4.

A final foi disputada em melhor de três jogos, com as partidas sendo disputadas nos dias 12, 15 e 17 de agosto, no estádio Orlando Scarpelli. O Leão venceu duas e perdeu uma, sagrando-se campeão estadual naquele ano.

A PRIMEIRA FINAL

Figueirense 3 x 2 Avaí

Data – 12.08.1975
Local – Orlando Scarpelli, Florianópolis-SC
Horário – 20h45
Arbitragem – Roldão Tomé de Borja Neto, auxiliado por José Carlos Bezerra e Dalmo Bozzano
Cartões amarelos – Marcos Langauer, Pinga, Almeida, Casagrande, Sérgio Lopes(F); Balduíno(A)
Cartões vermelhos – Casagrande(F); Ademir(A)
Público –
Renda – CR$ 118.430,00
Gols – Toninho(F) 3’, Ademir(A) 20’ do 1º tempo; Sérgio Lopes(F) 2’, Luis Everton(F) 34’, Carlos(A) 38’ do 2º tempo

Figueirense – Marcos Langauer, Pinga, Almeida, Orcina e Casagrande; Sérgio Lopes, Moacir e Luis Everton; Marcos(Raul), Toninho(Letieri) e Zé Carlos. Técnico: Lauro Búrigo

Avaí – Danilo, Souza, Ari Prudente, Veneza e Orivaldo; Lourival, Carlos(Vado) e Balduíno; Ademir, Juti e João Carlos(Zenon). Técnico: Áureo Malinverni

A SEGUNDA FINAL

Figueirense 0 x 3 Avaí

Data – 15.08.1975
Local – Orlando Scarpelli, FlorianópoliS-SC
Horário – 15h
Arbitragem – Dalmo Bozzano, auxiliado por Roldão Tomé de Borja Neto e José Carlos Bezerra
Público – não informado
Renda – não informada
Gols – Juti(A) 15’, Vado(A) 19’, Juti(A) 26’ do 1º tempo

Figueirense – Vanderlei, Pinga, Almeida, Orcina e Raul; Sérgio Lopes, Moacir e Zé Carlos(Letieri); Marcos, Toninho e Luis Everton. Técnico: Lauro Búrigo.

Avaí – Danilo, Souza, Maneca, Veneza e Orivaldo; Lourival, Balduíno e Zenon; Carlos, Juti(Paulo Roberto) e Vado. Técnico: Áureo Malinverni.

A DECISÃO

Figueirense 0 x 1 Avaí

Data – 17.08.1975
Local – Orlando Scarpelli, Florianópolis-SC
Arbitragem – José Carlos Bezerra, auxiliado por Roldão Tomé de Borja Neto e Dalmo Bozzano(Pedro Zimmer)
Cartões amarelos – Orcina(F); Danilo, Ademir, Carlos, Vado(A)
Público – não informado
Renda – CR$ 213.980,00
Gols – Juti(A) 23’ do 2º tempo

Figueirense – Vanderlei, Pinga, Almeida, Orcina e Casagrande; Sérgio Lopes, Moacir e Lico(Letieri); Marcos, Toninho e Luis Everton. Técnico: Lauro Búrigo.

Avaí – Danilo, Souza, Maneca, Veneza e Orivaldo; Lourival, Balduíno e Zenon; Carlos(Ademir), Juti e Vado. Técnico: Áureo Malinverni.

Campanha 

Jogos: 41
Vitórias: 24
Empates: 11
Derrotas: 6
Gols Pró: 73
Gols Contra: 33
Saldo de gols: 40
Aproveitamento 71,95 %

Artilheiros

Juti 28 gols
Vado 8 gols
Zenon 8 gols
Balduíno 7 gols
Lourival 6 gols
Carlos 5 gols
Ademir 4 gols
João Carlos 2 gols
Beto 1 gol
Orivaldo 1 gol
Veneza 1 gol
Contra 2 gols

Atuações (quantidade de partidas jogadas)

Veneza 40
Orivaldo 39
Juti 38
Lourival 37
Balduíno 35
Souza 34
Ademir 32
João Carlos 32
Danilo 29
Maneca 28
Vado 28
Carlos 24
Zenon 24
Jaíco 18
Sabará 17
Rubens 13
Ari Prudente 12
Paulo Roberto 12
Ricardo 05
Beto 04
Emílson 01

Fatos e curiosidades

No ano de 1975, o Avaí ganhou todos os campeonatos e torneios disputados. O Leão foi campeão do Torneio Internacional de Verão, com a participação do Figueirense e do Defensor do Uruguai. Depois, campeão do Torneio Quadrangular, com a participação de Figueirense, Pinheiro-PR e Atlético-PR, ficando com o troféu Câmara Municipal.

Além desses dois títulos, o Avaí foi o Campeão Catarinense de 1975, o Campeão do Torneio Incentivo e do Quadrangular Domingos Machado de Lima, disputado em Concórdia com a participação do Juventude de Lindóia, Guaycurus e Sadia.

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Relação de mascotes mirins sorteados para Avaí x Brusque-SC

O Avaí Futebol Clube informa a relação de inscritos sorteados e as orientações para o cerimonial de entrada dos Mascotes

23/02/2024

Comunicado: Procuração de autorização para retirada da Camisa do Centenário

O Avaí Futebol Clube disponibiliza, – para seus associados que foram contemplados com a Camisa do Centenário -, PROCURAÇÃO DE

23/02/2024