Lourival na Calçada da Fama da Ressacada

Postado por: André Palma Ribeiro

O ex-atleta Lourival, que atuou por 273 vezes com a camisa do Avaí, será homenageado no próximo dia 1º de setembro, dia em que o clube completa 91 anos. O ex-jogador colocará os pés na Calçada da Fama da Ressacada, a exemplo de outros craques que marcaram época no Leão da Ilha. Lourival fez parte do grande time campeão catarinense em 1975. Na decisão, o Leão superou o Figueirense.

Lourival entrará para a Calçada da Fama junto com atletas que fizeram história no Avaí e no futebol brasileiro. Já eternizaram os pés e as mãos no espaço junto ao Memorial de Atletas: Zenon, Adílson Heleno, Orivaldo, Marquinhos, Adolfinho, Balduíno, Cavallazzi, Ronaldo Nazário, Bellini, Belmonte, Jacaré, Décio Antonio, Veneza e Rubão.

Histórico de Lourival 

Lourival de Souza, volante também conhecido como Lourival boca de mina, nasceu em Criciúma, em 1954. Veio para o Avaí por empréstimo, contratado junto ao Próspera de Criciúma, se apresentando a equipe azurra em 1974. Devido a sua versatilidade, jogou algumas vezes também como centroavante.

Lourival estava passeando por uma praça na cidade de Criciúma  quando foi comunicado pelo supervisor do Próspera, Nivaldo Martins, que deveria viajar para Florianópolis e se apresentar ao Avaí para iniciar os treinamentos, já que estava sendo emprestado.

Sua estreia pelo Avaí ocorreu dia 1º de fevereiro de 1974,  no jogo Seleção Gaúcha do Interior 1 x 0 Avaí, na cidade de Carazinho/RS, em partida válida pela Taça Atlântico.

Ele fez parte do time avaiano que participou pela primeira vez do campeonato brasileiro, ainda no ano de 1974. Integrou uma das mais talentosos meio-campos avaianos de todos os tempos, ao lado de Balduíno e Zenon.

Marcou seu 1º gol pelo Avaí no amistoso contra o Humaitá de Nova Trento, no dia 11 de agosto de 1974, vitória avaiana pelo placar de 2 a 0. Lourival foi autor do 1º gol da partida aos 25’ do 1º tempo. Após esse jogo, o Avaí comprou seu passe junto ao Próspera.

Integrou a delegação avaiana na vitoriosa excursão em 1976, pelas Américas do Sul e Central.

Seus últimos gols com a camisa avaiana foram no clássico ocorrido no dia 20 de junho de 1979, Figueirense 1 x 2 Avaí, denominado clássico do agasalho, jogo em prol dos menos favorecidos devido ao frio rigoroso que fazia naquele inverno e também como forma de angariar algum dinheiro para os clubes. Lourival foi autor dos 2 gols avaianos.

Seu último jogo com a camisa avaiana ocorreu no dia 29 de julho de 1979 – Avaí 1×3 Figueirense.

Com o Avaí vivendo uma grave crise financeira, no dia 11 de agosto de 1979 Lourival foi vendido ao Velo Clube/SP por CR$ 300.000,00, cujo valor da venda serviu para deixar o salário dos jogadores em dia.

Pelo Avaí foi campeão estadual em 1975, além de ter sido campeão do triangular internacional, torneio incentivo, quadrangular de Concórdia, quadrangular de Florianópolis e também campeão do torneio de verão de 1978.

Pelo Avaí, Lourival, que atuou no período de 1974 a 1979, entrou em campo vestindo o manto azurra em 273 partidas, marcando 50 gols.

Seu adversário mais frequente foi o Figueirense, time que enfrentou por 38 vezes. Já quando o assunto é balançar as redes, “boca de mina” se sentia a vontade contra o Carlos Renaux, marcando 8 gols contra a equipe de Brusque.

Foto: Reprodução O Estado/1974

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

MAIS NOTÍCIAS

Avaí aprova em primeira convocação plano de recuperação judicial e vai pagar dívidas históricas

Acordo permite ao clube dar continuidade ao projeto de reestruturação financeira O Avaí Futebol Clube conquistou um resultado histórico fora

22/02/2024

Chegaram todas as Camisas do Centenário para os sócios que têm direito

O Avaí Futebol Clube informa aos seus sócios que chegaram todas as Camisas do Centenário para os sócios que têm

22/02/2024